Cancelar

 

Alteração nos critérios do grupo de risco

Diretora orienta bancários

O home office para funcionários do Itaú que estão no grupo de risco  continua. Porém irá passar por uma análise mais criteriosa para classificar o nível de risco. O banco possivelmente está se  pautando na publicação da Portaria N° 20 de 18 de junho de 2020 do Governo Federal. 

A diretora de Saúde e Condições de Trabalho do SINTRAF JF e funcionários do Itaú, Taiomara de Paula, explica: "Em contato com a médica do programa Bem Estar, foi nos informado que os laudos serão avaliados  e nenhum funcionário que tenha comorbidade será colocado em risco. Mas será necessário a comprovação do  acompanhamento pelo médico.". Portanto, a orientação da diretora é que o funcionário procure o médico do programa portando o laudo para a avaliação e comprovação do acompanhamento médico.

Outro fator importante é que o laudo esteja bem fundamentado com a CID e orientações do médico para se manter o afastamento. Dúvidas entrar em contato com a diretora de Saúde e Condições de Trabalho, Taiomara,  pelo telefone: (32) 99108-3248.