Cancelar

 

Sindicato cobra higienização e providências do Bradesco após alagamento em agência Andradas

Agência localizada no centro de Juiz de Fora ficou alagada, funcionários afirmam que problema é recorrente

Nas últimas semanas Juiz de Fora tem registrado altos volumes de chuvas. Na quarta-feira, 6, um temporal no início da tarde deixou parte da região central da cidade alagada.
A água invadiu a agência do Bradesco da Avenida dos Andradas deixando os funcionários ilhados. Em fotos e vídeos enviados ao sindicato é possível observar que junto às águas muita sujeira também acabou invadindo a agência. Um grande risco à saúde dos trabalhadores e clientes. 

Como relataram os funcionários, o problema é recorrente e neste período do ano se agrava por conta dos grandes volumes de chuva na região. De acordo com informações coletadas, o banco já foi notificado da situação por diversas vezes e se comprometeu em tomar providências, mas, como nada foi feito, os funcionários e clientes tem que conviver com esse problema até hoje.

O Sindicato recebeu essa denúncia e imediatamente contactou os gestores para garantir uma higienização adequada no local, com o objetivo de resguardar a saúde dos bancários e clientes dessa agência. A entidade ainda ratificou que se trata de um problema recorrente. O banco atendeu ao pedido e executou a limpeza, inclusive dos carpetes.
A diretora do SINTRAF JF e funcionária da agência, Joyce Delgado, ressaltou a urgência de providências por parte do banco: "Além do problema ser recorrente, basta chover, estamos ainda atravessando uma pandemia. Toda e qualquer medida para preservar a saúde de todos deverá ser feita enquanto há tempo.".

A Diretora de Saúde e Condições de Trabalho do Sindicato, Taiomara Neto de Paula, enfatizou o valor da saúde e apontou que esse tipo de situação pode trazer sérios danos. "A água de enchente traz um enorme risco a saúde, é suja, se mistura com água de bueiro, lixo, e em contato com essa água pode-se contrair leptospirose e outras doenças. Um risco à imunidade, principalmente nesse momento onde estamos vulneráveis à contaminação por Coronavírus.".

Taiomara reforçou a importância da categoria repassar ao sindicato as demandas: "Estamos atentos e cobrando do banco uma medida definitiva para essa situação corriqueira na agência. Colocamo-nos a disposição para atender as demandas da Categoria, em qualquer tipo de situação.". 

O bancário pode fazer denúncias através do site, WhatsApp e por telefone. Todas as informações do trabalhador são resguardadas.