Amplia o movimento pelo Fora Bolsonaro 
Cancelar

 

Amplia o movimento pelo Fora Bolsonaro

Manifestação deste sábado (2) está sendo convocada pelo movimento sindical, centrais sindicais, movimentos sociais e populares entre outras entidades

Neste sábado (2) haverá mais uma jornada de atos Fora Bolsonaro. Desta vez consolidando a união de forças e movimentos populares com partidos de oposição. A sexta série de manifestações contra o governo também é apoiada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT).

“Já se passaram mil dias do governo Bolsonaro e o presidente nada faz para evitar a crise que ameaça o país a cada dia. A alta generalizada de preços, dos alimentos, do gás de cozinha, dos combustíveis e de outros bens de consumo só piora a vida da população. O governo Bolsonaro, desde o primeiro dia, ataca os trabalhadores, desmonta o serviço e as empresas públicas. Temos hoje 20 milhões de pessoas passando fome no país e mais da metade da população vive na insegurança alimentar. São motivos suficientes para irmos para as ruas contra esse governo”, afirmou a presidenta da Contraf-CUT, Juvandia Moreira, que orienta as entidades de base da categoria bancária a organizarem a ida das bancárias e bancários aos atos, que acontecer em vários pontos do país.

A nova jornada do Fora Bolsonaro tem um novo componente, a ampliação do movimento pelo impeachment do presidente. CUT, Força Sindical, UGT, CTB, NCST, CSB, CSP-Conlutas, Intersindical e Pública, de forma unitária, convocam os atos deste sábado, junto com as frentes Brasil Popular e Povo Sem medo e cinco partidos de oposição, PT, PDT, Psol, PCdoB e PSB. Devem ainda anunciar adesão lideranças do Solidariedade, PV e Cidadania.

Já estão confirmados para sábado mais de 80 atos em todo o país. Também haverá manifestações em cidades de pelo menos outros 10 países.

Ato em Juiz de Fora

O SINTRAF JF está entre as entidades que organizam o FORA BOLSONARO em Juiz de Fora. Na cidade, a manifestação terá concentração às 10 horas no Parque Halfeld. A organização salienta a necessidade da manutenção das medidas de proteção e combate à Covid-19, como o uso de máscara e álcool em gel, além da manutenção do distanciamento mínimo entre os participantes.

Fonte: SINTRAF JF com informações da Contraf-CUT.