Setembro Amarelo: Agir Salva Vidas! 
Cancelar

 

Setembro Amarelo: Agir Salva Vidas!

Ações permanentes de prevenção e conscientização são de extrema importância para reverter esta realidade

O mês de setembro é marcado por ações importantes de conscientização e prevenção ao suicídio. Desde 2014, a Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP, em parceria com o Conselho Federal de Medicina – CFM, organiza nacionalmente a Campanha Setembro Amarelo.

De acordo com dados divulgados pela organização da campanha, o Brasil registra mais de 13 mil suicídios todos os anos, e no mundo são mais de 1 milhão de ocorrências. 

Conforme matéria publicada no Jornal Tribuna de Minas, de acordo com um levantamento feito de forma independente pelo jornalista Fernando Gonçalves, junto à Polícia Militar, ao Corpo de Bombeiros, ao Samu, à Polícia Rodoviária Federal e às unidades de saúde e cemitérios de Juiz de Fora, nos primeiros oito meses de 2021 foram registrados 43 suicídios na cidade. "A quantidade de tentativas de autoextermínio também já chega a 90, o que representa 65% ao total verificado durante todo o ano passado (138)", apontou a matéria.

Os dados alertam para a necessidade de discutir e dar atenção a esse problema de saúde pública. A situação vem sendo agravada durante a pandemia. A perda de pessoas queridas, o luto, o distanciamento social impactam diretamente na saúde mental. E cerca de 96,8% dos casos de suicídio estão relacionados a transtornos mentais. Em primeiro lugar está a depressão, seguida do transtorno bipolar e abuso de substâncias. Outra informação preocupante é que a incidência de suicídios aumenta principalmente entre os jovens. 

Doença mental não é sentença!

Ao abordar o assunto, a campanha incentiva o acolhimento às pessoas que sofrem com doenças mentais, quebra vários tabus e reduz o preconceito com este tipo de adoecimento. Especialistas apontam que o preconceito impede que as pessoas acessem os tratamentos. Com os cuidados adequados e acompanhamento de um especialista as pessoas podem melhorar muito a sua qualidade de vida e evitar o autoextermínio. 

A diretora de Saúde e Condições de Trabalho do SINTRAF JF, Taiomara Neto de Paula, ressalta: "Prevenção ao suicídio, um tema muito importante. Principalmente neste momento que estamos vivendo, de muitas incertezas, perdas e isolamento social. Falar sobre o suicídio é conscientizar a população sobre uma realidade do nosso país e do mundo. Quando falamos sobre o tema aprendemos muito, e assim podemos ajudar o próximo. Saber agir pode salvar vidas, por isso a campanha setembro amarelo é muito importante. Falar sobre o tema é a melhor solução.". 

Em Juiz de Fora o Centro de Valorização da Vida (CVV) e os Centros de Atenção Psicossocial fazem o trabalho de escuta e acolhimento de forma gratuita. O CVV realiza o acolhimento com sigilo pelo telefone (188), por e-mail e pelo chat, que podem ser acessados pelo site: https://cvv.org.br.

Taiomara informa que a diretoria de saúde do Sindicato também está pronta para o acolhimento e conta inclusive com uma psicóloga para atender e orientar o trabalhador. “Todos os atendimentos são sigilosos e resguardam o trabalhador e seus dados.”, reforça. Confira os canais de comunicação que podem ser utilizados:
Tel.: (32) 3215-2249 - Ramal 219
WhatsApp: (32) 98446-8977
e-mail: saude@bancariosjf.com.br

Saiba mais sobre o assunto! Acesse o site da Campanha Setembro Amarelo: https://www.setembroamarelo.com/