Sindicato é vitorioso em ação de horas extras contra Bradesco 
Cancelar

 

Sindicato é vitorioso em ação de horas extras contra Bradesco

O sindicato dos Bancários de Juiz de Fora foi vitorioso em ação trabalhista ajuizada contra o Banco Bradesco sobre o recalculo de horas extras recebidas.

O sindicato dos Bancários de Juiz de Fora foi vitorioso em ação trabalhista ajuizada contra o Banco Bradesco sobre o recalculo de horas extras recebidas.
A ação foi ajuizada em 2013, alegando que o Banco aplicava equivocadamente os divisores 180 e 220 no cálculo das horas extras praticadas pelos empregados que cumprem jornadas de seis horas e oito horas, respectivamente. No entendimento do jurídico do sindicato, deveriam ser observados os divisores 150 e 200. Desta forma, foram postuladas diferenças de horas extras e reflexos a todos os trabalhadores que prestam ou prestaram serviços nas agências do banco Bradesco e que recebem ou receberam horas extras em folha de pagamento desde 2008 até 27/11/2013.
A decisão contempla trabalhadores de Juiz  Fora, Andrelândia, Aiuruoca, Aracitaba, Arantina, Belmiro Braga, Bias Fortes, Bicas, Bocaina de Minas, Bom Jardim de Minas, Cabo Verde, Carvalhos, Chácara, Chiador, Coronel Pacheco, Cruzília, Descoberto, Ewbank da Câmara, Goian, Guarará, Guaxupé, Liberdade, Lima Duarte, Mar de Espanha, Maripá de Minas, Matias Barbosa, Mercês, Mindurin, Muzambinho, Olaria, Oliveira Fortes, Paiva, Passa Vinte, Pedro Teixeira, Pequeri, Piau, Rio Novo, Rio Pomba, Rio Preto, Rochedo de Minas, Santa Bárbara do Monte Verde, Santa Bárbara do Tugúrio, Santa Rita de Ibitipoca, Santa Rita de Jacutinga, Santana do Deserto, Santana de Garambeu, Santo Antônio do Aventureiro, São João Nepomuceno, São Vicente de Minas, Senador Côrtes, Seritinga, Silveirania, Simão Pereira, Tabuleiro e Vermelho Novo (fI. 21). 
São beneficiários desta decisão aqueles contratados e/ou que trabalharam na base territorial após 27.11.2008. Os que foram dispensados antes de 27.11.11 não são beneficiados.