Sindicato registra mais dois casos de Covid-19 em agências do BB 
Cancelar

 

Sindicato registra mais dois casos de Covid-19 em agências do BB

Entidade acompanha os casos e reforça críticas ao protocolo de saúde do banco

O SINTRAF JF recebeu nesta terça-feira, 1, mais duas notificações de bancários que testaram positivo para Coronavírus em agências do Banco do Brasil. Um caso foi registrado na agência do Manoel Honório e o outro no centro da cidade, Rua Sampaio. Na agência Manoel Honório, de acordo com informações repassadas pelo gerente, o atendimento nos caixas foi interrompido para limpeza. Os bancários infectados estão afastados e os gerentes informaram que seguiram todas as recomendações colocadas no protocolo do Banco do Brasil.

O presidente do SINTRAF JF e funcionário do BB, Watoira Antônio, informou que pediu aos funcionários das agências que se consultassem na telemedicina da Cassi, já que o protocolo do BB não inclui testagem, troca de equipe nem mesmo uma sanitização geral com o fechamento da agência. "O protocolo do BB é muito ruim, deixa os funcionários em situação de vulnerabilidade. Além de conviver com o medo de se infectar por este vírus, funcionários ainda têm que encarar esse descaso do banco com a saúde em um momento de grave crise sanitária com a pandemia. É um descaso com a vida! E nós repudiamos isso!".

Na última semana, a agência Sampaio registrou outros casos de contaminação. Os diretores fizeram uma intervenção na agência junto ao gerente e colaram cartazes alertando a população para a situação. A diretoria da entidade tomou as providências cabíveis e o movimento sindical tem denunciado casos de negligência com a saúde das/os bancárias/os.

O sindicato recebeu informação nesta quarta-feira, 2, que na agência 0024 localizada na Rua Halfeld, centro, uma funcionária da cantina também testou positivo. O que reforça as críticas da entidade aos protocolos sanitários do banco que não tem garantido segurança seja para os seus funcionários, os empregados terceirizados e nem para os clientes.

Watoira comenta: “A ganância e irresponsabilidade das instituições financeiras têm contribuído para a disseminação desse vírus, aumento de casos e de mortes. É um absurdo! Nossa situação é gravíssima, mas o capital e o governo priorizam o lucro em detrimento da vida e não recuam para a onda vermelha. Lamentável!”.

Denúncias

Nas últimas semanas o sindicato tem recebido denúncias de assédio moral por parte de gerentes das agências do BB em meio à pandemia. De acordo com as denúncias, gestores pressionam funcionários para que, mesmo com sintomas ou suspeita, não procurem atendimento médico e não façam a testagem.   

O presidente frisou que os bancários, considerados trabalhadores de serviços essenciais, trabalham assustados, inseguros com relação à saúde e ao ambiente de trabalho. Além disso, reforçou a necessidade de que os funcionários denunciem negligências das instituições financeiras ao sindicato. A identidade de quem denuncia é resguardada. Caso o bancário queira também pode registrar a denúncia em nosso site ou pelo WhatsApp do SINTRAF JF (32) 99108-2039.